Quem faz o Conecta Cabana

Notícias, Opinião e Checagem


Lorrayne Batista

Jornalista Ativista de Quebrada

Jovem moradora da comunidade e idealizadora do Conecta Cabana.

HEmerson Morais

Jornalista/ Fotojornalista Ativista de Quebrada

Nasceu e cresceu no Cabana, Trabalhou na comunidade por dez anos como educador popular.

João Victor de Castro

Jornalista/Redator

Jornalista do Povo pro Povo.

JOÃO VÍTOR FERNANDES

Jornalista/ Social Média

Nascido e criado no Barreiro, Jornalista, pós-graduando em Marketing Digital, Macumbeiro e Coordenador Estadual de Juventude do, Fórum Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional dos Povos de Matriz Africana (Fonsanpotma).

Defensor do SUS, das Liberdades e Garantias Individuais e dos Direitos Humanos.

Cecília Rodrigues

Repórter Mirim

Moradora do Cabana, desde que nasceu.

Scarlet Ferreira

Jornalista


Mulher

KELLE CRISTINA

Escritora no Blog Transmute / Bacharel em Direito / Ativista em prol dos direitos humanos 


Política

CAMILA RODRIGUES

Ativismo Político

Mulher, negra e de quebrada. Focada no protagonismo feminino, apoia as lutas contra as injustiças sociais, homofobia e qualquer tipo de opressão.
Acredita na formação da consciência política no jovem de quebrada para melhoria do meio em que vive.

A seta é pra esquerda com um pouco de humor!


Cultura

Dea Vieira

Artista Plástica, bibliotecária e fotógrafa de quebrada

Fotógrafa do Estúdio Artmagem, no bairro Cabana, experimenta a memória cotidiana como narrativa de quem observa e é observado, tendo a fotografia e o vídeo como suporte. Co-dirigiu o filme documentário “Da lona ao Pai Tomás: a história do Cabana contada por seus primeiros moradores” em 2016, “Carma” em 2017, os curtas documentais “Diversidade Periférica” em 2017, “Rosa” em 2018 e a série documental  “#nósétudocabana”.

Dereck Carvalho

Artista belo-horizontino usa as letras para mudar vidas

 O artista plástico e poeta Dereck Carvalho nasceu em Belo Horizonte, em 20 de Abril de 1990. Atualmente vive na Vila Embaúbas, onde atua em diversas ações sociais e começou a espalhar cor e poesia através do seu dom. Mas o palco de suas intervenções não se limita à sua comunidade. O artista ocupa vários espaços que vão desde as ruas e becos às exposições em Centros Culturais, redes sociais, comércios, casas e, principalmente, o destino alvo: milhares de corações.

Marcus Vieira

Cineasta, bibliotecário e fotógrafo de quebrada

Fotógrafo do Estúdio Artmagem, no bairro Cabana, trabalha as diversas narrativas pessoais e coletivas através de recursos áudio-visuais. Dirigiu o filme documentário “Da lona ao Pai Tomás: a história do Cabana contada por seus primeiros moradores” lançado em 2016 e os curtas documentais “Diversidade Periférica” em 2017, “Rosa” em 2018 e a série documental #nósétudocabana”.

Wagner Gen

Comunicador Popular

Nascido, criado e vivendo a realidade nos becos e vielas da Vila Embaúbas desde 1983. Desenvolve trabalho social de recreação nos morros e becos com intervenções de cunho artístico e de denúncias do abandono da Vila pelos poderes públicos.

Atuou na antiga Rádio Comunitária São Tarcísio que depois passou a denominar Positiva FM como produtor musical de conteúdo da Cultura Hip Hop. Desenvolve uma parceria com o Retrato Radical e Rap Mineiro com um forte trabalho de colaborador nos bastidores.


Lelê Cirino

Mulher preta, ativista, resistente a sociedade.

Escritora e cantora do bloco Afro Angola Janga. Também com a oralidade, é poeta marginal e idealizadora do Coletivo Empreteceu, no qual realiza movimentos artísticos em Belo Horizonte como, Sarau da Pretaiada e Slam.

“O segredo da mulher preta é que ela é imbatível”

Julia Botelho.

Estudante de Letras na UFMG, educadora em formação, técnica em Hospedagem pelo CEFET-MG e apaixonada por cinema

Educação

Ana Carolina Ferreira

Estudante de pedagogia, UEMG.

Mulher preta e periférica, apaixonada pela educação infantil e fundamental. Colaboradora do conecta cabana com propostas pedagógicas.

Juliana Fonseca

Empreendedora desde sempre, psicóloga, favelada e livre.

Larissi Mendes

Cozinhar é fazer poesia para ser degustada!

Estudante de Gastronomia, com propósito de desgourmetizar a cozinha e tornar acessível pra quebrada!