Fim de relacionamento

Por Kelle Cristina / Blog Transmute

Quando começamos um relacionamento obviamente que não perdemos tempo pensando que ele pode dar errado. Pelo contrário, fazemos diversos planos e criamos inúmeras expectativas inclusive para o futuro.

Ficamos tão envolvidas com a relação que quando ela não vai muito bem podemos demorar a perceber os sinais ou simplesmente ignorá-los.

Ficar de “luto” pelo término de um relacionamento é normal. Afinal quem nunca curtiu uma bad? Mas quando essa bad dura tempo demais e causa sofrimento demais é hora de pensar melhor sobre o assunto.

Quando a relação chega ao fim podemos insistir nela de forma demasiada e inútil dando como justificativa o amor. 

O amor é entrega, paixão, admiração, desejo e cuidado. Quando amamos queremos ver a outra pessoa feliz e queremos estar ao lado dela para dividir essa felicidade.  

Mas às vezes o que pensamos ser amor pode ser apenas apego ou até mesmo dependência emocional.

O apego é quando as coisas não andam mais no mesmo ritmo e nem na mesma sintonia mas mesmo sabendo que isso não te faz mais feliz você insiste, pois não consegue abrir mão da relação. É querer ao seu lado alguém que se for embora não vai te fazer falta e pode até te fazer mais feliz se partir.

Mesmo não sendo dependente da outra pessoa você pode ter apego, pois muitas das vezes não queremos o fim da relação apenas por ego ou por medo do sentimento de desprezo. 

Já a dependência emocional é a necessidade excessiva de ser cuidada por alguém o tempo todo, o que leva a um comportamento submisso. A pessoa que é dependente entrega toda sua vida e sua felicidade nas mãos da outra pessoa e por conta disso aceita tudo que o que ela diz só por ter medo de perder-la.

Se dar um tempo, se analisar e se conhecer pode ajudar muito após o término de um relacionamento. 

Caso esteja passando por essa situação procure primeiramente por paz. Se conversar te ajuda no processo, divida isso com alguém que esteja disposto a te ouvir . E se perceber que está com muita dificuldade em seguir em frente vale a pena procurar por ajuda profissional.

Liberte-se!

Foto:Freepik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s