Mulheres na Política

Por Kelle Cristina | Blog Transmute

Esse ano tivemos o recorde de mulheres candidatas nas eleições municipais em todo Brasil. Além disso, também tivemos o recorde de eleitas, reeleitas e de candidatas que vão disputar o segundo turno.

Esse é mais um avanço muito importante na luta pelos direitos das mulheres. Mas nem sempre foi assim.

As mulheres só conquistaram o direito ao voto em 1932, mas com restrições: apenas as mulheres com mais de 21 anos; desde que fossem alfabetizadas; tivessem permissão de seus maridos ou fossem viúvas ou solteiras e com renda própria podiam votar e ser votadas aqui no Brasil. Somente no código de 1934 essas restrições foram revogadas.

O nosso papel na política tem se mostrado de extrema importância e urgência, pois ainda faltam políticas públicas que garantam mais segurança e liberdade para as mulheres. As câmaras sempre foram compostas por maioria de homens. Assim torna-se mais difícil uma compreensão das nossas reais necessidades sociais. 

Ser mais ativa na política é fácil. Não é apenas se candidatando que podemos ter um papel mais atuante. Estudar os candidatos, dar preferência sempre que possível para candidatas mulheres que possuem propostas coerentes de políticas públicas e votar sempre com consciência, essas são algumas das ações que parecem pequenas, mas que fazem toda diferença!

Juntas podemos mudar muito mais!

Imagem: Freepik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s